Quinta-feira, 29 de Maio de 2008

Reflexão...

A vida nos dias que corre não está nada fácil, e ao que parece as melhoras não estão à vista. Estamos perante um êxodo igual ao de 1960, com centenas de portugueses a abandonar o país à procura de uma vida um pouco melhor. Isto realmente neste país, por este andar não sei onde vai parar, os ordenados sobem abaixo da inflação, o que leva os trabalhadores a terem cada vez menos poder de compra. Os combustíveis não param de subir, as empresas já quase não ganham para poderem ter as viaturas a circular. O preço dos alimentos cada vez está mais alto como as rendas de casa e os empréstimos bancários cada vez mais caros, cada mês que passa, mais dificuldades os trabalhadores têm para poder ter algum tostão. E no final qual é o resultado disto? Pessoas cada vez mais descontentes com tudo, o pessimismo abate-se sobre elas, a tristeza, a angustia e o stress do dia-a-dia abate-se sobre elas. Isso tudo, ao se abater sobre as pessoas, provoca problemas pré depressivos e stress, o que leva as pessoas a ficarem tristes e até mesmo doentes. Para que tal situação, possa ser de certa forma, as pessoas têm que arranjar algum tempo para elas, para a o ser bem-estar e a sua saúde, pois a mesma não deverá ser colocada de parte, pois é a coisa mais importante de cada ser humano. As técnicas de relaxamento e meditação, são boas práticas para a harmonização do ser, uma vez que as mesmas trabalham 3 níveis (físico, mental e espiritual). De entre essas técnicas temos o Reiki, a meditação Gassho e o Tai Chi são algumas técnicas usadas para o efeito, com baixo custo.


Quarta-feira, 17 de Outubro de 2007

Um olhar...

Caros amigos,
Estamos a passar tempo difíceis, para toda a população deste País à beira mar plantado. Época de rigor, de aperto do cinto e de boas novas nas palavras dos nossos governantes, mas a realidade é que as mesmas palavras não têm verdade quando fazemos a simples pergunta: Então como vai a tua vida? Fábricas a fechar, o desemprego a aumentar, o pessimismo geral instalado na maioria das pessoas, a evolução galopante de casos de depressão, o aumento da marginalidade, dos crimes e dos impostos, provoca saudades aos mais velhos dos tempos de governo do Salazar. Refiro-me à forma de governar o País apenas.
Salazar, esse homem que nasceu pobre e morreu pobre, não se aproveitou do que era de todos nós, tinha-mos uma das maiores reservas de ouro do mundo, apesar da pouca liberdade de expressão que havia na época.
A entrada do euro foi o início de uma queda em que continua o nosso País, pois com 100 escudos ia ao café e tomava um café e um oitavo de água de castelo, o que hoje em euros me custa 2 vezes mais. Um simples café passou de 50$ para 0,50€(100$). Ao contrário "aumentaram" os nossos vencimentos que se nota que cada vez que vamos fazer as compras à mercearia, que cada vez nos permite trazer menos coisas.
Afinal onde estão os 125 mil postos de trabalho prometidos pelo governo? Onde está a evolução económica do País tanto anunciada por governantes? Porque é que muitas pessoas que se encontram no desemprego não se tentam fazer à vida e trabalhar, deixando de estar a sobreviver à custa de quem trabalha e paga todos os seus impostos? Será que se todos dessem um pouco mais isto não melhorava? Talvez as suas vidas, pois o País vai de mal a pior e muito sinceramente não prevejo melhoras sem que haja uma revolução interna, uma revolução moral, que obrigue os "vira casacas" a abandonarem os seus locais de influência.
Desculpem, mas de momento é o que me vai na alma.
Despeço-me desejando-vos uma boa noite.
Sinto-me: Cansado com o trabalho...

.Os meus pormenores...


. Ver Perfil

. Adicionar como amigo

. 62 seguidores

.Pesquisar neste blog

 

.tags

. todas as tags

.Posts recentes

. Reflexão...

. Um olhar...

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
25
26
27

28
29
30


.subscrever feeds