Quarta-feira, 24 de Setembro de 2014

Reflexão: Depressão, uma praga social…

Caríssimos,

     A vida é um desafio constante, na qual todos os seres humanos aspiram ou tentam ser algo ou alguma coisa, uma “luta” incessante que cada um de nós mantém, desde o momento da nossa chegada (nascimento). Essa “luta” constante do Ser humano decorre em dois cenários (planos), externo e interno de cada um de nós.

     No plano externo estamos sempre expostos àquilo que nos rodeia, ao meio ambiente e às pessoas com as quais temos de interagir. No plano interno é onde se dá a questão mais complexa, pois é neste plano que o Ser humano tem de se encontrar consigo mesmo, no qual tem a difícil e árdua tarefa de encontrar o equilíbrio entre os planos físico, emocional, mental e espiritual. Esta é a mais difícil de todas as tarefas do Ser humano, a qual exige de cada um de nós uma vigilância constante sobre nós mesmos, em prol do nosso bem-estar.

     Antes de começar esta partilha achei que a explicação anterior fosse necessária para um melhor entendimento da reflexão. Em meu entendimento Depressão define-se assim: “É a não-aceitação do Passado, incerteza no Futuro, que provoca instabilidade no Presente”. (faça uma pausa na leitura e pense na definição que acabou de ler)

     A não-aceitação do Passado em inúmeros casos está intimamente ligada à nossa mente, pois o não entendimento de acontecimentos passados resulta em muitos casos na não-aceitação. Essa não-aceitação vai “prender” a pessoa no “tempo” o que lhe provoca mal-estar no presente, compreendeu? Para melhor compreensão vou-lhe dar um exemplo: Uma determinada pessoa há 5 anos atrás perdeu um parente muito chegado ou terminou um relacionamento (sem que tal tenha sido de sua vontade), incapaz de ultrapassar essa “perda”, a pessoa fica como que “presa” na linha do tempo (na data do acontecimento). Por esse facto torna-se complicado hoje (2014) essa pessoa sentir-se bem, pois a sua mente ficou presa ao acontecimento passado (2009). Como tal e por mais que lhe possa custar, o que lhe vou dizer é apenas e só para seu bem, aceite plenamente o que aconteceu e liberte-se desse acontecimento, causa de muitos dos seus problemas de saúde atuais, e verá como a vida lhe irá sorrir novamente.

     A incerteza no futuro é algo que está ligado directamente à nossa mente, e associado às expectativas, ansiedade, incertezas, medos e receios. Todas estas coisas derivam do facto de atribuirmos demasiada importância a alguns acontecimentos mas principalmente a algumas pessoas. Dar demasiada importância a quem não deveríamos é um erro que quase todos os seres humanos cometem, pois é prejudicial para a nossa estabilidade e equilíbrio. Este é um dos aspectos ao qual você deve dedicar algum tempo e pensar, correcto? Um dia que esteja em sua casa sozinho, pense um pouco na importância que está a atribuir a algumas pessoas, começando por colocar a si mesmo as seguintes perguntas: “Que falta faz esta pessoa na minha vida?”; “Esta pessoa faz parte da minha vida?”; “Qual o contributo desta pessoa para a minha felicidade?”. Outra recomendação que lhe dou é não criar expectativas sobre pessoas e acontecimentos, pois em 99% dos casos nunca acontece o que nós pensamos, relaxe e aceite aquilo que tiver de ser, pois assim evitará dissabores para si mesmo.

     Claro é que, com todas as situações referidas nos 2 parágrafos anteriores, a nossa situação resulta numa instabilidade no presente. Presentemente como é que um Ser humano consegue estar de corpo e alma numa relação, se a alma (mente) ficou presa no passado? Presentemente como consegue ser feliz quando você é a pessoa que mais mal pensa de si mesmo? Presentemente como quer que lhe aconteçam coisas boas quando na sua cabeça predominam os pensamentos ruins? Para encontrar o seu equilíbrio lembre-se que o passado é história, o futuro é um mistério e o presente é uma dádiva que para a podermos viver na plenitude temos de nos libertar do passado e parar de ter preocupações excessivas com o futuro. Seja mentalmente flexível, perdoe o mal que lhe fizeram (sentimentos negativos destroem o nosso interior) e comece hoje a dar a si mesmo o amor e carinho que dá aos outros porque VOCÊ É A PESSOA MAIS IMPORTANTE DA SUA VIDA.

NAMASTÊ


Publicado por Viktor às 00:14
link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 14 de Junho de 2014

O Reiki na minha Vida

Caríssimos,

      Muitas vezes as pessoas necessitam de exemplos de vida e/ou vivências para entenderem melhor o que é o Reiki como filosofia de vida, e assim hoje vou partilhar com vocês a minha própria experiência com o Reiki. Desde muito cedo, ainda criança, sentia dentro de mim uma “força” que me impulsionava a ajudar os outros de alguma forma. Enquanto criança e jovem participei em movimentos associativos, fiz muitos trabalhos de grupo (enquanto estudante), fui escuteiro e também bombeiro, este último durante 16 anos.

      Com o decorrer do tempo, arranja-se trabalho, constitui-se família, muda-se de cidade e muitas outras coisas surgem no nosso caminho. Com todas estas coisas, mas principalmente a partir do momento que deixei de ser bombeiro, passado pouco senti que não estava bem. Felizmente não era nenhuma doença, era sim um certo mal-estar dentro de mim mesmo, como se sentisse um vazio dentro de mim, algo que deveria de ser preenchido para me poder sentir “completo”.

      Foi então que, num momento de complexas provações, através da “mão” de um amigo fui levado a uma formação de iniciação ao Reiki. Na verdade, naquele momento desconhecia completamente o que era o Reiki, pois no ano 2000 a informação era extremamente escassa e a internet era algo que ainda não estava tão vulgarizado como nos dias de hoje. Por isso fui literalmente às escuras e sem nenhum tipo de ideias sobre o que era o Reiki, pois até mesmo a pessoa que me levou até ao mestre, também apenas me soube dizer que era uma terapia oriental e que trabalhava com as energias, nada mais.

      Posso dizer que, inesperadamente e sem criar expectativas, fui fazer a formação, a qual gostei bastante. Foi desde esse dia que, como diz o povo, a minha vida deu uma volta, dando inicio a um novo ciclo de vida, uma nova caminhada, uma jornada no universo energético. O Reiki veio preencher “aquele” vazio que sentia dentro de mim, aquela “necessidade” de auxiliar o semelhante, debelando aquele sentimento de mal-estar, que atrás referi, que estava dentro de mim.

      O Reiki fundiu-se comigo transformando-me numa pessoa mais calma, tranquila, sensata, tolerante, amorosa, entre muitas outras coisas que provocaram uma profunda mudança no meu Ser. Ao fundir-se dentro de nós provoca-nos mudanças de dentro para fora, tornando-nos seres mais harmoniosos e integrados com a natureza universal. Claro que todas estas mudanças não se dão apenas e só com a formação de iniciação ao Reiki, é necessário que nós façamos o nosso “trabalho de casa”, mais propriamente a transposição dos 5 princípios do Reiki para a nossa vida quotidiana. No Reiki a regra número 1 é o respeito pelo “livre arbítrio”, seja o nosso ou o do nosso semelhante, por isso as alterações em nós e a capacidade que o mesmo pode exercer no nosso Ser, depende da nossa vontade própria conjugada com as Leis universais, que observam todos os seres de igual forma sem descriminações de nenhum tipo.

      Sejam Luz, sejam Harmonia, sejam Reikianos na sua mais simples e nobre expressão Amor Incondicional.


Publicado por Viktor às 00:01
link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 14 de Maio de 2009

Apartamentos - Algarve

Aluga-se apartamento T0 e T1, totalmente equipado, com estacionamento privativo em Boliqueime.

Ao ano e para férias.

Contacto: 966 339 027


Publicado por Viktor às 09:24
link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 11 de Fevereiro de 2009

Iniciação ou Nível I

Caros leitores, amigos, internautas, Senhoras e Senhores,

No próximo dia 22 de Fevereiro, realizar-se-á um Curso de Iniciação ao Reiki Nível I ou 1º Grau, em ALBUFEIRA, num ambiente harmonizado onde poderá usufruir da calma necessária ao evento. O referido curso será limitado a 10 inscrições, para que assim se consiga manter um bom nível formativo e participativo. Esta escola de Reiki é associada da Associação Portuguesa de Reiki. Mais informações e esclarecimentos serão fornecidos por e-mail ou telemóvel. Serão afixados cartazes alusivos ao evento em diversos locais da região.

Não percam esta oportunidade…

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ


Publicado por Viktor às 09:11
link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

.Os meus pormenores...


. Ver Perfil

. Adicionar como amigo

. 61 seguidores

.Pesquisar neste blog

 
W Las Vegas
Cingular Wireless

.tags

. todas as tags

.Posts recentes

. Reflexão: Depressão, uma ...

. O Reiki na minha Vida

. Apartamentos - Algarve

. Iniciação ou Nível I

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
25
26
27

28
29
30


.subscrever feeds